Últimas Notícias

É com extremo pesar que comunicamos o falecimento do Professor Álvaro José Romanha, ocorrido na manhã de 16 de março de 2020 manhã na Cidade de Belo Horizonte (MG).

Natural de Colatina (ES) em 1951, era graduado em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal de Minas Gerais (1972), Doutor em Bioquímica e Imunologia pelo Departamento de Bioquímica e Imunologia da UFMG (1982) e com pós-doutorado no Wellcome Research Laboratories, Reino Unido (1984), o Professor Romanha era Pesquisador Titular aposentado e ex-Diretor do Centro de Pesquisas René Rachou da Fundação Oswaldo Cruz, Belo Horizonte, MG, tendo atuado como na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, na UFMG e na Universidade Federal de Santa Catarina, onde atuou como professor visitante entre 2011 e 2015.

Pesquisador reconhecido mundialmente, em especial por seus trabalhos na caracterização bioquímica do Trypanosoma cruzi, formou gerações de pesquisadores brasileiros. Foi pesquisador nível 1A do CNPq e Presidente da Sociedade Brasileira de Protozoologia (SBPz).

Na folha de apresentação do livro sobre sua trajetória de vida, denominado “ÁLVARO ROMANHA, UM ARTÍFICE DE CIÊNCIA”, o Prof. Bruno Rodolfo Schlemper Júnior escreveu “Um dos mais belos sentimentos humanos é o da gratidão, entendida como a manifestação de reconhecimento a alguém por um apoio ou ajuda em determinadas situações ou momentos da vida“. Com esta frase, deixamos nossos pêsames à Família Romanha e o eterno sentimento de gratidão de todos os seus ex-alunos ao nosso Mestre.

Sua simplicidade e ternura como ser humano, sua crítica e ética científica e sua preocupação com o próximo ficam estampadas na dedicatória que escreveu para a obra acima citada:

“[…] é possível fazer “a boa ciênciapara issodevemos apostar firme naquilo naqueles em que acreditamos”.

Alvaro José Romanha